Home COMICS Saiba como a Marvel classifica os Mutantes

Saiba como a Marvel classifica os Mutantes

by Igor Duarte

Os X-Men foram criados ainda na década de 60 na Marvel por Stan Lee e Jack Kirby, com sua primeira revista sendo publicada em setembro de 1963 mais exatamente. A equipe que deu o pontapé inicial nesse universo gigante era composta por Professor Xavier e seus primeiros alunos: Fera (Hank McCoy), Anjo (Warren Worthington III), Garota Marvel (Jean Grey), Ciclope (Scott Summers) e o Homem de Gelo (Bobby Drake).

Nesses mais de 50 anos de histórias, muitos personagens apareceram, muitas histórias foram contadas e muitos poderes foram demonstrados. Uns mais que outros, uns em maior escala (e põe maior nisso) do que outros, enfim, poderes de níveis e naturezas diversas.

Mas você sabia que os mutantes devido às diferenças em seus poderes, são classificados em categorias? Pois é, varia de mutantes cujo gene X pode apenas interferir em suas vidas sem nem sequer lhes conferir um poder à aqueles que podem causar desastres a níveis globais.

Se você quer saber como são divididas as categorias de mutantes, segue a lista (em ordem crescente de poder):

Épsilon

Os mutantes que se enquadram nesta categoria são aqueles que não possuem poderes ofensivos e/ou defensivos, ou até mesmo não possuem poder algum. Sua mutação altera (e às vezes muito) sua aparência física, o que os leva a serem excluídos. Os Morlocks que vivem nos esgotos e túneis subterrâneos, são exemplos de mutantes Épsilon, assim como podemos citar também Artie Maddicks, Tommy, entre outros.

Imagem: Marvel Comics

Delta

Mutantes considerados Delta são aqueles que podem se passar como um humano qualquer, já que sua mutação não lhe confere nenhuma alteração física que os permita ser reconhecido “de cara” como mutantes. Suas habilidades são tão sutis que às vezes nem vemos que estão sendo usadas naquele momento. Entre as habilidades deste grupo de mutantes estão a sorte, inteligência, engenhosidade, etc. Exemplos de integrantes desse grupo: Domino, Forge, Cifra.

Imagem: Marvel

Gama

São mutantes que já possuem um alto nível de poder, porém sua mutação altera sua aparência física, o que faz com que sejam logo identificados como mutantes e na maioria das vezes causando problemas a eles. Chifres, escamas, cor de pele diferente são exemplos de características presentes nos indivíduos desse nível. Podemos citar como exemplo os mutantes Noturno, Blink, Dentes-de-Sabre, Fera, Blob, etc.

Imagem: Marvel

Beta

Os mutantes dentro desta categoria são seres muito poderosos, comparados aos do nível Alpha, porém com a diferença de que a mutação dos Beta não pode ser “ligada e desligada” conforme suas vontades. Um exemplo é o fator de cura do Wolverine que é ativado instantaneamente toda vez que Logan sofre alguma “avaria” (e convenhamos que não poucas essas vezes). Os mutantes do nível Beta podem se passar por humanos facilmente, mas se você olhar com cuidado eles possuem algum detalhe que os diferenciam como portador do gene X, como uma cor de olho diferente das normais, por exemplo rosa. Wolverine, Namor, Gambit são exemplos de mutantes nível Beta.

Imagem: Marvel

Alfa

Os integrantes da categoria Alfa, são mutantes com um elevado nível de poder. Eles podem facilmente se misturar e passar como qualquer outro humano, já que sua mutação não provoca alterações em sua aparência física, além disso, eles tem controle sobre seus poderes podendo ativá-los quando quiser. Como exemplos de mutantes Alfa podemos citar Kitty Pryde, Emma Frost, Polaris, Professor X.

Imagem: Marvel

Ômega

A categoria engloba os mutantes mais poderosos da Marvel, cujo os poderes podem causar destruição em grande escala. Os mutantes nível Ômega possuem habilidades extremas como o controle da matéria e da realidade. O escritor Jonathan Hickmann em 2019 listou os atuais mutantes Ômega (apenas 14 no Universo Marvel) e definiu os mutantes dessa categoria como aquele “cujo o poder dominante não tem limite definido”.

Não é raro mutantes manifestarem múltiplos poderes, porém apenas um é de nível ômega, por exemplo, Jean Grey é telepata e telecinética, mas somente sua telepatia é ômega. Outro caso citado por Hickmann é o dos mutantes Magneto e Forge, que são os mais poderosos de seus respectivos tipos, contudo o poder superior de Forge poderia hipoteticamente ser ultrapassado por outra pessoa, o que não acontece com os poderes de Magneto.

Outros exemplos de mutantes nível ômega: Homem de Gelo, Monarca, Legião, Tempestade, Franklin Richards, etc.

Imagem: Marvel

Related News

Leave a Comment

Esse website utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Se você estiver Ok com isso, por favor clique em aceitar. Aceitar